Brasil terá fábrica de painéis de energia solar com tecnologia francesa em 2014

Um acordo entre o Brasil e a França para a transferência de tecnologia de produção de painéis para ageração de energia solar vai substituir produtos que hoje são importados da China. Assinado nesta quinta-feira, 12, durante a visita do presidente francês François Hollande, o acordo envolve a empresa mineira Orteng e a carioca Celf, que vão produzir os painéis no Brasil.

O investimento, de R$ 700 milhões, englobando os custos da construção da fábrica, purificação do silício, transferência de tecnologia e a linha de montagem, deve ser iniciado em 2014. As empresas aguardam a resposta do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao pedido de financiamento.

A tecnologia francesa será repassada pela ECM Technologies, responsável pelos fornos de alta performance onde serão fabricados os painéis e pela Companhia Europeia de Inteligência Estratégica, que vai auxiliar no treinamento dos engenheiros e técnicos. O Comissariado de Energias Atômica e Alternativas, órgão governamental francês de pesquisa e inovação, detém a tecnologia necessária para purificação do silício, principal matéria prima dos painéis. “Os franceses tem hoje o estado da arte em energia solar, a maior eficiência que se pode ter”, afirma Luiz Fernando Mendes de Almeida, diretor da Celf.

Para Almeida, o Brasil deve criar incentivos para que o desenvolvimento desta tecnologia, hoje importada. “Estamos importando os painéis dos chineses a um preço muito baixo, de menor qualidade, produzidos com subsídios do governo chinês”, critica.

Fonte: Istoé 

Publicado em Notícias | Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>